BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE OLIVEIRA DE FRADES
Bem vindo ao forum dos Bombeiros
Voluntários  de Oliveira de Frades


Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
Admin
Admin
Mensagens : 1340
Data de inscrição : 31/01/2012
http://bvofrades.foruns.com.pt

Saúde Novo limite impõe sete dias para toma de antibióticos

em Qua Abr 09 2014, 09:52
Saúde Novo limite impõe sete dias para toma de antibióticos


A partir da próxima semana, os médicos ficarão limitados na prescrição de antibióticos, tendo sido considerado suficiente tomar esse tipo de medicamentos apenas durante sete dias. Segundo o Jornal de Notícias, a medida foi anunciada ontem, em Viana do Castelo, durante o seminário sobre Infeções Associadas aos Cuidados de Saúde.





A medida entrará em vigor na próxima semana e foi aplicada no âmbito do Programa de Prevenção e Controlo de Infeções e de Resistências aos Antimicrobianos. Foi anunciada ontem, em Viana do Castelo, durante o seminário sobre Infeções Associadas aos Cuidados de Saúde, organizado pela Associação Portuguesa de Infeção Hospitalar (APIH).

Segundo o diretor do programa, João Artur Paiva, que falou ao Jornal de Notícias, “o que está determinado é que sempre que houver prescrição de antibióticos, uma equipa especialista deve ir ter com o doente e verificar se ela é necessária. A maioria das infeções não necessita de mais de sete dias de tratamento”.

A medida é defendida por Francisco George, diretor-geral de Saúde, como “fundamental no combate à crescente resistência das bactérias aos medicamentos, situação que em Portugal atinge “níveis muito preocupantes”.

“Hoje, 70% das bactérias causadoras e infeções hospitalares são resistentes devido à exposição excessiva aos antibióticos”, declarou.

Face à aplicação em curso, o presidente da APIH, Abrãao Ribeiro, estabeleceu como meta “reduzir a taxa de infeções hospitalares para o nível europeu de 6% ou menos”.
Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum