BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE OLIVEIRA DE FRADES
Bem vindo ao forum dos Bombeiros
Voluntários  de Oliveira de Frades


Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
Admin
Admin
Mensagens : 1340
Data de inscrição : 31/01/2012
http://bvofrades.foruns.com.pt

Queda de granizo provoca estragos no Douro

em Sex Jun 12 2015, 10:52




Técnicos da Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Norte (DRAPN) estão esta quinta-feira a avaliar os estragos causados nas colheitas agrícolas, muros e caminhos, provocados pela queda de chuva forte e granizo da passada terça-feira.

A queda de chuva forte e granizo, durante cerca de 20 a 30 minutos, afectou sobretudo a freguesia de Celeirós do Douro, no concelho de Sabrosa, e a aldeia de Porrais, no concelho de Murça.

Na freguesia de Celeirós do Douro, Sabrosa, a queda intensa de granizo terá destruído cerca de 60% da produção de vinho.

Segundo o presidente da Junta de Freguesia de Celeirós, Vítor Varela, existem "cerca de 50 a 60 pequenos agricultores que vivem só da vinha". "São eles os mais prejudicados porque não têm seguros e nem todos têm possibilidades de investir no tratamento das mazelas", lamenta.

Já em Porrais, Murça, segundo comunicado da autarquia, terão sido afectados "cerca de 50 hectares, tendo os vitivinicultores da localidade perdido entre 70% a 80% da sua produção vitícola, agravando ainda a poda dos anos seguintes e consequentemente as produções nos próximos dois anos".

Para além das vinhas, foram afectadas todas "as restantes culturas agrícolas, muros de suporte e caminhos agrícolas, ficando com largos quilómetros totalmente intransitáveis".

Numa primeira análise, a autarquia de Murça estima que "exclusivamente em vinho haverá um prejuízo de meio milhão de euros".

A queda de granizo provocou também prejuízos nos concelhos de Alijó, Mesão Frio, Sernancelhe, Armamar e Moimenta da Beira.

Segundo o director regional de Agricultura e Pescas do Norte, Manuel Cardoso, "as culturas mais afectadas são a vinha e a maça".

"Em Celeirós do Douro, no concelho de Sabrosa, e Porrais, no concelho de Murça, a percentagem das vinhas que foram afectadas é superior a 50%", refere o director regional, sublinhando que “"ão há quantificação dos prejuízos" porque os técnicos da DRAPN estão ainda "a proceder ao levantamento, que tem de ser feito de forma rigorosa para depois ser elaborado o respectivo relatório que será submetido à tutela".
Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum